Uso estético do botox pelo dentista

25 novembro 2016
Comentários: 0
Categoria: estética
25 novembro 2016, Comentários: 0

Dentistas podem aplicar botox no rosto

O produto botox é aplicado por meio de injeções e por profissionais com formação e qualificação para tal. Agora é oficial e legal. O Conselho Federal de Odontologia aprovou por unanimidade a resolução 176/2016. Ela permite que cirurgiões dentistas realizem aplicação de toxina botulínica para fins terapêuticos, funcionais e/ou estéticos. Já que cuidar da aparência é uma das funções do dentistas, nada mais justo que o trabalho seja completo. Agora além de cuidar do sorrizão, odontologistas também cuidarão de demais detalhes do rosto.

 

botox estético pelo dentista

 

Afinal, o que é toxina botulínica?

É uma substância desenvolvida para a correção de rugas dinâmicas. São aquelas rugas de expressão causadas pela contração dos músculos e que com o passar dos anos vão definindo linhas na pele. Com a aplicação do botox (nome comercial da toxina) estas marcas ficam mais suaves e menos evidentes.

 

Em quais situações que o dentista costuma indicar o uso do botox?

Na maioria dos casos de sorriso assimétrico a toxina botulínica age trazendo equilíbrio muscular. Mas os benefícios vão mais além, nos casos de pacientes com dores orofaciais de origem muscular e apertamentos dentários também podem ser controlados com a toxina botulínica, principalmente quando os outros recursos não podem mais ser alcançados. O sorriso gengival também pode ser corrigido com essa técnica, e agora ainda as linhas de expressão.

 

Então por que esta causa gerou polêmica?

Houve uma desaprovação de alguns dermatologistas que afirmam que algumas áreas do rosto não são de responsabilidade dos dentistas, ainda mais no âmbito estético.
Já a nova regulamentação do CFO (Conselho Federal de Odontologia) defende que a harmonização facial faz parte da competência do cirurgião dentista, ainda mais por ele ter formação em anatomia da face. Então, interesses à parte, quem ganha é o paciente.

 

E como a toxina botulínica age?

Quando injetada no músculo ela bloqueia a liberação de substancias neuro transmissoras responsáveis por promover a contração muscular. Uma vez paralisado o músculo relaxa e atenua rugas e diminui dores.

 

Quanto tempo dura o efeito do botox?

A durabilidade pode variar de pessoa a pessoa. Normalmente no início do tratamento cerca de 4 meses, podendo logo fazer nova aplicação. O uso constante faz com que o efeito de cada aplicação se torne mais duradouro.

 

Quais são os mitos sobre o botox?

Existe uma série de mitos sobre o uso do botox. A maioria deles falsos, como por exemplo: não é verdade que o botox possa provocar a paralisia muscular definitiva, ele tem efeito limitado, independente da dose utilizada. Assim como não é verdade que possa substituir uma cirurgia plástica, o botox apenas trata as rugas de expressão, ele não elimina a flacidez. A toxina botulínica também não tem efeito imediato, ela pode levar até quatro dias para agir. E se não retocar o botox a pela não vai piorar, somente voltará ao que era antes. Mas o botox pode sim deixar o rosto sem expressão, será um efeito temporário mas pode acontecer quando não for bem aplicado.

 

O que significa botox preventivo?

Quando aplicado em pacientes mais jovens com o intuito de evitar vincos profundos no futuro, este tipo de aplicação é de efeito terapêutico. A partir da fase adulta qualquer idade pode fazer uso de botox. O paciente deve ter conhecimento dos devidos resultados para cada faixa etária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *