Quebrou o dente? E agora?

Pode ser um simples grão de pipoca, ou um acidente mais grave, um tombo e o dente quebra. Então? – Muita calma nesta hora! Primeiro, tente guardar o pedaço do dente que quebrou. Coloque no leite ou soro fisiológico. Lave o local da fratura dentária com água morna e procure um dentista o quanto antes para minimizar o trauma. Quanto mais rápido procurar recurso, maiores são as chances de recolocar o seu dente original. E acredite, ficará perfeito!

 

dente quebrado

Avulsão dentária:

Quanto mais rápido o dente for reimplantado, melhor o prognóstico. Um dente que foi totalmente deslocado de sua cavidade é chamado de dente avulsionado. Os melhores resultados de recuperação deste trauma está relacionado ao tempo em que o dente fica fora da cavidade até o reimplante.

Luxação:

Traumatismos mais graves precisam de maiores cuidados. Luxação é diferente de dente quebrado ou de fissura, porque o osso sai do lugar. Não estamos falando de fratura dentária e sim de um deslocamento que pode ser parcial ou completo. Isso que dizer que o osso do dente pode se desprender da mandíbula ou maxila, causando fortes dores. O paciente deve realizar uma radiografia e tratar com maior urgência.

Lesões menos graves nem sempre doem de imediato.

O dente pode não ter caído mas estar quebrado, fique atento. Observe em frente ao espelho se houver rachaduras e faça pressão pra ver se o dente está bem preso. Você também sentirá maior sensibilidade com o quente e com o frio. Cuidado, que ingerir um estilhaço ele pode cortar.
Dores podem ser aliviadas com um anestésico a base de ibuprofeno. Se a visita ao dentista demorar, será preciso tomar cuidado, principalmente ao se alimentar, o dente quebrado também pode ser pontiagudo e machucar a língua e gengivas. As pontas afiadas podem ser cobertas com cera ortodôntica, a venda nas farmácias. A alimentação deve ser a base de comidas moles e evite tudo que for muito quente ou frio. Procure mastigar do lado oposto a fratura do dente.

Como o dentista procede na fratura dentária?

A fratura do dente pode ser parcial ou por inteiro. Se for uma lesão pequena o dentista lixa e preenche o espaço, fazendo uma remoldagem do dente. O processo é simples e em uma única visita ao dentista o problema é solucionado. Leia sobre restauração dentária
Em caso de rachadura, a opção também será o preenchimento com resina, semelhante ao processo de obturação.
Quando a lesão for mais grave pode ser necessário o implante de uma coroa de cerâmica ou porcelana sobre a parte recuperada do dente.
Se a fratura foi mais além e expôs o nervo ou a polpa do dente, o profissional terá que ir mais adiante e fazer um tratamento de canal, quando o interior do dente é limpo minuciosamente pra ficar livre de infecções e inflamações e preenchido com resina.
A extração do dente somente acontece se o dentista não tiver outra alternativa para aliviar a dor, o desconforto e o risco de infecção. Discuta as opções com seu dentista, ele provavelmente irá sugerir um implante, e esse procedimento, da mesma forma, se feito o quanto antes, menores os traumas.

Dica Sorridere:

* Cuidado com as fraturas dentárias, evite friccionar seus dentes a objetos duros. Muitos acidentes acontecem com aqueles maus hábitos de mastigar canetas, gelo, abrir tampa de garrafas…
* O hábito de ranger os dentes – bruxismo – também é um forte aliado das fraturas, se você não conseguir se livrar deste mal, procure um dentista, ele irá te propor um tratamento feito com próteses dentais.
* Se pratica esportes que podem te expor a batidas, use protetor bucal, o dentista fará um sob medida que não trará nenhum desconforto.
* Cuide dos seus dentes, bons hábitos de higiene ajudam a manter os dentes fortes e saudáveis.
* E nunca, jamais tente tratar seu dente em casa. Colar, além de não durar, perder definitivamente o dente, ainda pode lhe causar uma grave intoxicação.

Deixe uma resposta