Implante imediato

Implante imediato pós extração

Implante dentário imediato é aquele que é feito logo após a extração (exodontia) do dente natural. O implante é a melhor missão reabilitadora da odontologia comprovada e consagrada com pacientes satisfeitos, seguros e autoestima elevada. Com o implante imediato uma série de complicações futuras podem ser evitadas. Com a extração do dente natural, a arcada tende a fazer uma movimentação óssea para ocupar o espaço vazio e modificar toda a mordida, alterando a posição original da boca. Se o paciente optar por um implante imediato, em uma só cirurgia ele retira o dente e já o repõe com a prótese. Essa ação manterá a estrutura da arcada, largura e altura do dente e o que é mais importante: o osso preservado o que aumenta o sucesso para tratamentos posteriores.

implante imediato

 

E se preferir deixar para mais tarde, esperar a extração cicatrizar primeiro?

Esse é um grande erro do qual muitos pacientes escolhem, por achar traumatizante a cirurgia ou mesmo por questão de economia, optam por fazer a extração e deixar o implante para um segundo momento. Neste caso está abrindo precedentes para a criação de um terceiro problema que é o que citamos acima, a reabsorção óssea. O paciente terá que passar por uma nova cirurgia, novo trauma, novo desconforto e nova reabilitação, por isso que é tão importante resolver de uma só vez o problema do que protelá-lo. Veja bem, se muito tempo se passar, o dano pode se tornar irreversível, quando falamos em reabsorção, incluímos que osso e tecido podem encolher, quer dizer que o volume e espaço podem se tornar insuficientes se o paciente optar para deixar para mais tarde.

 

implante imediato pós extração

 

E se tiver mais de um dente para repor?

Isso é muito importante, se a falta de um dente já pode alterar toda a boca, imagine a falta de dois ou mais. O ideal é conversar com seu dentista e negociar uma forma de fazer os procedimentos o quanto antes. Se no primeiro procedimento o paciente optar pelo implante imediato, no segundo terá toda a arcada preservada e será muito tranquilo extrair e implantar novo dente, mas se for o contrário, é o mesmo que adquirir um problema sequencial. Pense em um dominó, se cair uma peça, as demais também irão cair, quer dizer que se houver movimentação de um dente para completar espaços vazios, todos os demais irão seguir esta sequencia. Esta vendo? Ficará cada vez mais difícil colocá-los de volta.

Estética é qualidade de vida!

Vamos falar do nosso cartão de visitas, nosso sorriso, nossa porta da frente, o implante imediato evita uma série de prejuízos estéticos. Sabemos que cada caso é diferente, mas como vimos acima, com a ausência de um dente a arcada dentária sofre movimentação e alteração da mordida, isso pode além de prejudicar o sorriso, pode causar alterações até mesmo na face. Veja bem, não estamos falando de mudanças bruscas, elas acontecem com o passar do tempo, então podem ser pouco percebidas num primeiro momento, mas certamente não passam impunes. A colocação de um implante no local do dente perdido evitará transtornos e deixará um dente bonito e aparentemente bem natural naquele espaço. Sem falar da autoestima, cada um sabe os prejuízos que uma imagem desleixada pode causar. E quanto ao quesito segurança, este já está superado, um implante proporciona total seguridade ao paciente, longe de riscos de cair e sem qualquer restrição na alimentação.

Quais as vantagens do implante imediato?

Esse procedimento reduz o trauma ao paciente, requer apenas uma cirurgia, facilita a osseointegração, acelera o tempo de cicatrização e evita movimentação óssea que acontece naturalmente com a ausência do dente que ocasiona uma abertura de espaço na arcada. Além disso, preserva a arcada, e reduz perdas e retrações gengivais. Reduz tempo e custo.

 

 

O que é um implante?

Implante é um cilindro de titânio, em formato de parafuso, do mesmo tamanho do dente original, inserido no osso da maxila ou mandíbula no local onde ficava a raiz do dente. Calma, logo que o implante estiver completo aí acontece a colocação da carga imediata, que é a colocação da faceta, que é aquela coroa que imita o dente natural.

A cirurgia é muito complicada?

Não, a maioria dos procedimentos são feitos no consultório do dentista, a anestesia é local e nos casos de implante imediato raramente precisa de enxertos ósseos. Isto é, a retirada de osso de outro local para reposição do espaço na arcada. Esqueça a lenda de que implante dói e não é seguro ao paciente, isso já foi superado há vários anos com inúmeros avanços de pesquisas científicas e clínicas. Atualmente os índices de sucesso em cirurgias de implantes dentários alcança quase 100% dos casos.

Implante e prótese são dois procedimentos?

Não, o procedimento é a implantação do pino que será o substituto da raiz. Sobre esse pino é parafusado uma prótese, que terá a função e aparência da coroa do dente, não são procedimentos separados, mas são materiais diferentes com diferentes funções.

Prótese sobre implante:

Agora vamos falar da carga imediata, hoje é possível que você entre no consultório com um dente prejudicado e saia com outro novinho. É claro que tudo isso depende de planejamento, afinal dentista não é mágico, mas não está muito longe disso. A carga imediata é a prótese provisória que o dentista coloca sobre o implante, antes de confeccionar a prótese definitiva. Feito o implante que será a nova raiz do dente, é preciso colocar (parafusar) sobre ele uma prótese que comummente é feita de porcelana.

Qual a idade apropriada para este procedimento?

Somente adultos, é preciso que a formação mandibular tenha sido completa, e com boa condição orgânica do osso.

Em idosos: Em pessoas com idade muito avançada que estão com os ossos comprometidos, não é indicado. A eles aconselhados à colocação de prótese protocolo, que não é aparafusada ao osso.

Em adolescentes: Se por algum acidente, um jovem que acabou de trocar a dentição, quebrar um ou mais dentes atingindo a raiz, em idade em que ele ainda não está com a formação mandibular completa (menos de 17 anos) e não tem a condições apropriadas para um implante, será necessário esperar completar o crescimento para depois fazer o procedimento. Nesse caso o dentista coloca uma prótese provisória móvel (um aparelho), para não prejudicar o posicionamento dos dentes.